TAG Literária | Tranquility Base Hotel & Casino - Arctic Monkeys (Original)


Só hoje tive oportunidade de ouvir o novo álbum dos Arctic Monkeys, ainda não sei ao certo que achar. Temos aqui uma vibe diferente, notámos uma grande mudança, mas o que importa é que temos álbum novo para ouvir em repeat até cansar. Decidi fazer uma tag com as músicas do novo álbum, para ser diferente e, porque queria experimentar a criar uma tag. Espero que gostem da tag literária que criei especialmente para vocês. 

1. Star Treatment "I just wanted to be one of those ghosts you thought that you could forget and then I haunt you via the rear view mirror on a long drive from the back seat" - Um livro que odiaste e que mesmo assim não o consegues tirar da estante;

Detestei Maestra de L. S. Hilton, e como já referi várias vezes, é um livro que simplesmente não consigo desfazer-me dele. Adoro a capa muito simples, o vermelho é tão belo que sinto que preciso do livro apenas para exposição. Adoro tirar-lhe fotos, mas sinto-me triste pela história ser uma completa desilusão. Esperava tanto deste livro, um thriller que muitos falavam e considerado por muitos o thriller do ano, mas infelizmente foi uma completa desilusão. Uma personagem tão infantil, e uma história tão desorganizada. Tinha tudo para ser um bom thriller, mas a escritora parece que perdeu a inspiração e no final deu este livro péssimo aos leitores, nem sei como ainda consegue vender, e se não estou em erro trata-se de uma trilogia. Só pergunto, como. Mas pronto. Chega de hate.


2. One Point Perspective"Bear with me, man, I lost my train of thought" - Um livro que tenhas lido e achado muito confuso;

Admito que tenho um boa lista de livros que li e achei extremamente confusos, livros que começava tudo muito bem e depois perdia-se o rumo da história num abrir e fechar de olhos. Vou falar em especial de Cidades de Papel de John Green, um livro que esperava ter em grande consideração visto ser de um dos meus escritores preferidos, porém foi totalmente o oposto. Demorei meses até terminar por completo o livro, e só o terminei porque já não aguentava mais vê-lo na tbr. Estavam todos a falar tão bem do livro e eu só pensava "preciso continuar, pode ser melhor mais para o fim", nada disso. Foi muito complicado para mim, lidar com as personagens e fim ao cabo, perdia-me. Não por falta de atenção mas, porque o enredo e a narração acabam por ser muito confusas. Não sei que se passou com John Green neste livro, mas acho que é o livro que menos gosto dele. Outro livro que podia falar nesta categoria seria também O Teorema de Katherine, também de John Green. Um livro extremamente confuso e com um enredo ainda mais confuso, nem falo das personagens extremamente confusas. Mas, em contrapartida, John Green tem pelo menos mais três livros que merecem cinco estrelas!

3. American Sports - "And I never thought, not in a million year, that I'd meet so many lovers" - Um escritor que tenhas lido quase todos ou todos os livros publicados;

Claro que teria de ser a J. K. Rowling! Já li a maioria dos livros publicados, desde Harry Potter a Uma Morte Súbita. Apenas ainda não li os livros publicados pelo pseudónimo de Robert Galbraith. Algo que pretendo mudar logo que possa. A J. K. Rowling tem talento para a escrita e ninguém pode negar isso. Antes de ler Harry Potter li Uma Morte Súbita, um livro totalmente diferente de Harry Potter, e adorei. Anos mais tarde finalmente decidi ler Harry Potter e apaixonei-me completamente. A escrita dela é completamente deliciosa. É complicado não ficar apaixonado tanto pelos seus livros como pela escritora. Que venham mais livros da J. K. Rowling que se for preciso gasto todo o dinheiro!

4. Tranquility Base Hotel & Casino - "Kiss me underneath the moon's side boob" - Uma personagem que adoravas que fosse real para a beijares;

Por mais anos que passem vou sempre ter grande consideração e crush pelo Andrew. Desde que li esta duologia, Entre o Agora e o Nunca e Entre o Agora e o Sempre,  de J. A. Redmerski que para mim, é complicado não sentir sempre vontade em reler. Foi um duologia muito especial para mim, e principalmente as personagens. Identifico-me imenso tanto com a Camryn como com o Andrew. Um romance cheio de aventura, com uma escrita deliciosa. Vão certamente apaixonar-se pelas personagens. E claro, o Andrew, é de deixar qualquer uma a sonhar! Quem não gostaria de ter a oportunidade de beijar o Andrew? Quem me dera a mim que ele fosse real, ai. Outra personagem que também beijava, seria o Levi de Fangirl, mas não digam nada à Cath, ok? Tantas personagens que eu beijava, mas sei que não sou a única.


5. Golden Trunks - "You slowly dropped your eyelids, when true love takes a grip it leaves you without a choice" - Um livro que tenhas lido pela noite fora porque não o conseguias parar de ler; 

Se eu respondesse  a esta tag sem falar do meu livro preferido seria crime! Comprei Eleanor & Park da Rainbow Rowell assim que saiu em Portugal. Li num dia, nem durante a noite se o consegui largar, precisava mesmo de o ler. Cada capítulo melhor que o outro. O livro é muito bom, por algum motivo é um dos meus preferidos. Claro que merece sem sombra de dúvida cinco estrelas, ou mais! Um favorito que recomendo a todos que leiam, vão apaixonar-se por este casal maravilha!

6. Four Out Of Five - "Look you could meet someone you like during the meteor strike" - Uma personagem com que te identifiques;

Podia voltar a falar da Camryn de Entre o Agora e o Nunca, como podia também falar da Eleanor. Mas, para mim, só uma personagem marcou-me tanto que nunca a esqueci. Nunca identifiquei-me tanto numa personagem como esta. Alaska Young. Do livro À Procura de Alaska de John Green. Nem imaginam o quanto chorei com este livro, o quanto ri. Uma personagem com a qual eu adoraria ter uma amizade, uma personagem perfeita. Não tenho simplesmente palavras para descrever o quanto gosto da Alaska. De certa forma ela ajudou-me num período mais complicado da minha vida, e não há momento algum que não sinta necessidade de reler este livro. É o meu refúgio nos piores momentos, e será aquele livro que estará sempre mas mesmo sempre na minha estante e no meu coração. Nunca imaginei que fosse possível ter tanto amor por um livro e por uma personagem. O que eu não faria para que ela fosse real. 

7. The World's First Ever Monster Truck Front Flip - "There are things that I just cannot explain to you" - Um livro que não tens palavras para explicar o quanto gostaste e/ou odiaste;

Já falei tantas vezes neste livro que simplesmente não há forma de negar: é dos meus favoritos de todo o sempre, e inclusive já o li duas vezes em menos de um ano. Adoro tanto o livro como o filme, e acreditem que já vi o filme mais vezes do que qualquer um espera. Não tenho palavras para descrever o quanto amo Viver Depois de Ti da Jojo Moyes, é complicado explicar o quanto adoro as personagens, simplesmente não há palavras. Só mesmo ler para crer. Um livro que pensei que não iria gostar, mas que acabei por chorar e ainda choro, sempre que penso. Um casal maravilhoso. Um amor maravilhoso. Pena, que tenha sido tão triste. Um livro que merece sem dúvida as cinco estrelas, recomendo-vos mil vezes que leiam. Vão adorar! Pelo menos, assim o espero.

8. Science Fiction - "I want to stay with you my love the way that some science fiction does" - Um casal literário que ficam bem juntos;

Cath e Levi. Um casal que nunca esperei gostar, mas só descobri que realmente gostava após um bom e longo tempo. Só quando senti saudades das aventuras e conversas destes dois percebi que eles eram realmente um casal adorável. Recentemente, adquiri o livro em inglês apenas para matar as saudades e admito que é incrível. Não considero que Fangirl de Rainbow Rowell seja melhor que Eleanor & Park, isso é completamente impossível, mas é um livro muito bom. Posso também falar em Carry On, que apesar de não ter lido ainda, sem dúvida alguma que também merece reconhecimento. Simon & Baz, sem dúvida os melhores, mas só depois de Eleanor & Park!

9. She Looks Like Fun - "Finally, I can share with you through cloudy skies" - Um livro que leste e recomendaste a todos, apenas porque querias alguém com quem falar do livro;

Escrito na Água de Paula Hawkins. Li o livro logo que pude em apenas um dia. Estava tão hyped para o livro. Desde d'A Rapariga no Comboio que apenas pensava em ter mais um livro da escritora para ler. Sem dúvida que adorei Escrito na Água, mais do que A Rapariga no Comboio. O livro foi publicado cá num dia, no dia seguinte já andava eu a recomendar o livro a todos. É um thriller incrível, a escrita da Paula Hawkins ajuda imenso na leitura, e além do mais, a escritora tem talento para criar thrillers que deixem qualquer um a querer saber mais. Mistérios do início ao fim, um pouco de romance, drama sem fim. Resultado: um livro maravilhoso digno de cinco ou mais estrelas! Se ainda não leram este livro não sei do que estão à espera. Só de estar a falar dele sinto vontade de o reler! Estou à espera que decidam pegar nesta história para transformar em filme, mas que façam melhor trabalho do que n'A Rapariga do Comboio...

10. Batphone - "Have I told you all about the time that I got sucked into a hole through a hand held device?" - Um livro que tirou-te deste mundo e deixou-te num mundo fictício durante horas e horas;

Não vos vou falar de um livro, mas de uma saga: Harry Potter. Sem dúvida alguma que foi uma saga que tirou-me várias vezes da realidade. Estive horas e horas em Hogwarts, para ser honesta ainda lá estou. Um mundo fictício que apaixona qualquer um, e quem o conhece nunca mais quer sair de lá. Um mundo cheio de magia, aventura, e perigo. Só queria que Hogwarts existisse mesmo para fazer rapidamente as minhas malas e ir para lá. Tenho pena de não ter descoberto este mundo mais cedo, queria ter descoberto com os meus 11 anos, viver uma adolescência cheia de magia, e quem sabe, talvez chegasse a tempo de receber a minha carta para Hogwarts

11. The Ultracheese - "When you were just about to be kind to someone because you have the chance" - Um livro que recomendas a todos, e se fosse preciso compravas para oferecer até a desconhecidos.

A Herdeira dos Olhos Tristes de Karen Swan, nunca esperei gostar tanto de um romance. Comecei a ler o livro com um pé atrás, romances já não são bem a minha onda. Porém, este surpreendeu-me. Em apenas um fim de semana o livro deixou-me com o coração nas mãos. Li sem parar e acreditem que se houvesse mais páginas eu lia sem qualquer problema. Não existiu um único momento que eu pousasse o livro porque estava cansada de ler. Só queria mais e mais, saber que aconteceria. Drama, atrás de drama. Foram as cinco estrelas mais bem dadas. Com um enredo maravilhoso, personagens magníficas e acima de tudo, muito mas mesmo muito mistério. Ainda não estão convencidos? A história decorre numa das mais belíssimas cidades do mundo. Querem saber qual? Terão de ler o livro para descobrir! Apenas peguem no livro, leiam sem estar à espera de nada. Aproveitem ao máximo cada momento, e acima de tudo, deixem-se levar pelo romance e pela história.

Sintam-se à vontade para responder à tag, depois deixem nos comentários a vossa resposta à tag! Não se esqueçam a identificar-me caso respondam à tag, é sempre bom dar os créditos! Divirtam-se, e para os fãs de Arctic Monkeys, acusem-se! Aguardem, porque daqui a uns dias estarei cá para falar sobre o que penso do novo albúm.

Sem comentários:

Enviar um comentário