Literatura | A Arte Subtil de Saber Dizer Que Se F*da - Mark Manson

Ainda não sei o que achar deste livro. Adorei as primeiras páginas, enquanto as últimas páginas não achei nada de especial. Sentia grande curiosidade sobre este livro. Via muitas pessoas a falar dele e vi muitas opiniões positivas. Se vale o hype todo? Na minha mais honesta opinião, não. É um livro bom, de leitura agradável e soltei várias gargalhadas. A capa é belíssima, simples mas bela. A escrita é simples mas boa. Contudo, não é muito diferente dos restantes livro deste género.

Concordo com imensa coisa que o escritor fala, mas discordei muitas vezes também. Certas vezes ele parecia uma criança a falar, mas não o censuro. Qualquer um tem um lado mais infantil. Os exemplos dados pelo escritor foram bons, contudo, eu não sou pessoa de aceitar exemplos do género "tenho um amigo que isto, e outro amigo que aquilo". Preciso de bons exemplos e argumentos para acreditar mesmo em algo. Exemplos que não se pode comprovar para mim não é suficiente. 

Passei metade do livro a ler com grandes expectativas, e quando dei por mim, estava a ler sem vontade. Tive de fazer várias pausas porque simplesmente já não conseguia aceitar o que o autor dizia. Se o escritor passa metade do livro a dizer algo que acredita, consegue mudar de opinião na outra metade do livro. Vi muitas vezes o escritor a contradizer-se, e claro, nenhum livro consegue ser credível se o escritor passa metade do tempo a contradizer-se.

Estava à espera de um livro que fosse revolucionar a minha vida, isso não aconteceu. Foi apenas mais um livro. Se pretendem ler o livro apenas pelo título tenham noção que o título engana. O escritor não pretende passar a mensagem de "que se f*da tudo", ele apenas quer dizer que devemos apenas nos importar com o que realmente vale a pena

Não há linguagem bruta, no meu ponto de vista. Até achei que o escritor de forma muito leve os temas. Concordo quando o escritor diz que a sociedade está contaminada, porém, ele nada diz que possa mudar isso. O escritor é honesto, sem dúvida, trata-se da opinião dele e ninguém o pode criticar por isso. Mas faltou qualquer coisa no livro para ele merecer tanto hype.

Recomendo a leitura do livro, vão aprender lições valiosas, contudo, são lições que já ouviram mil vezes e já são mais que mandamentos. Não trará nada de novo para vocês, mas será daquelas leituras que fazemos numa tarde. É uma leitura descontraída, e pode realmente, ser revolucionário para alguém. Para mim não foi, infelizmente.

Sinopse: "Uma abordagem que nos desafia os instintos e nos força a questionar tudo o que sabemos sobre a vida


Durante décadas convenceram-nos de que o pensamento positivo era a chave para uma vida rica e feliz. Mas esses dias chegaram ao fim. Que se f*da o pensamento positivo! Mark Manson acredita que a sociedade está contaminada por grandes doses de treta e de expectativas ilusórias em relação a nós próprios e ao mundo.

Recorrendo a um estilo brutalmente honesto, Manson mostra-nos que o caminho para melhorar a nossa vida requer aprender a lidar com a adversidade. Aconselha-nos a conhecer os nossos limites e a aceitá-los, pois no momento em que reconhecemos os nossos receios, falhas e incertezas, podemos começar a enfrentar as verdades dolorosas e a focar-nos no que realmente importa.

Recheado de humor e experiências de vida, A Arte Subtil De Saber Dizer Que Se F*da é o soco no estômago que as novas gerações precisam para não se perderem num mundo cada vez mais fútil."


Editor: Saída de Emergência | ISBN: 9789898892010 | Páginas: 208 | Classificação: 3 em 5 Estrelas

Uma leitura com o apoio:

2 comentários:

  1. Sem duvida um livro excelente. Pena quem nem toda a gente tenha a capacidade de o entender.por isso que se foda

    ResponderEliminar