Literatura | Viver Depois de Ti - Jojo Moyes [Opinião]

by - 16:29


image-2
Edição/reimpressão: 2016
Série: Me Before You #1
Editor: Porto Editora
ISBN: 9789720045775
Classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: "Louisa Clark é uma jovem com uma vida banal - um namorado estável, trabalhador e uma família unida - que nunca saiu da aldeia onde sempre viveu. Quando fica desempregada, vê-se obrigada a aceitar um emprego em casa de Will Traynor, que vive preso a uma cadeira de rodas, depois de um acidente. Ele sempre tinha vivido de um modo trepidante - grandes negócios, desportos radicais, viajante incansável - agora tudo isso ficou para trás.

Will é mordaz, temperamental e autoritário, mas Lou recusa tratá-lo com complacência e em breve a felicidade e o bem-estar dele tornam-se muito mais importantes do que ela esperaria. No entanto, quando Lou descobre que Will tem planos inconfessáveis para a sua vida, ela luta para lhe mostrar que ainda assim vale a pena viver.

Em Viver depois de ti, Jojo Moyes aborda um tema difícil e controverso, com sensibilidade, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências."


Opinião: Antes de mais, quero agradecer a todos os que me incentivaram a ler este livro. Principalmente ao Pedro do The BookShelter (não se esqueçam de dar uma vista de olhos já agora!), se não fosse a insistência dele acerca deste livro acho que o colocaria na estante e não o lia! Mas ainda bem que li, tornou-se um dos preferidos.

Uma coisa que disse a mim mesma este ano foi "Não te metas a ler livros lamechas e com histórias tristes para não chorares", e que fiz eu logo no segundo mês do ano? Li um livro que apegou-me da primeira à última página, li-o num dia e terminei o dia a chorar. Isso mesmo. E eu que sou conhecida por não chorar com ficção.

Domingo conhecei a manhã a ler Viver Depois de Ti, e terminei faltavam cerca de 7 minutos para a meia-noite. Não resisti e na segunda feira tive de assistir ao filme (em breve opinião no blog). Acho que deu para entender o quanto gostei do livro, não? Ok.

Eu sou grande fã de pessoas super aventureiras. E o Will é a minha definição de pessoas que aproveitam a vida ao máximo. Eu sou grande fã de pessoas que têm estilo próprio e não se importam com o que os outros pensam. A Lou é a definição perfeita para isso. As personagens principais são perfeitas. Não me lembro de ter alguma vez conhecido personagens tão autênticas. Apeguei-me tanto à Lou como ao Will. Rezei imenso para o primeiro beijo, e fiquei de coração nas mãos quando aconteceu.

O que aqueles dois tinham era mais que uma simples ligação. Dou imenso valor ao que eles criaram. Este livro prova que qualquer coração de pedra pode virar um coração mole. Demonstra que podemos estar na pior situação, mas teremos sempre alguém que nos ama e irá estar lá para nos colocar a sorrir.

É um tema de bastantes controvérsias. Apeteceu-me gritar com o Will, mostrar-lhe que existe esperança. Mas, parei e pensei. Se fosse eu? Queria sofrer? Queria olhar para trás, ver o que em tempos fui e não voltarei a ser? Não seria melhor ter um fim? É um tema que dói na alma, e não é apenas história, é a realidade. Existem diversos casos assim, por vezes dizemos "Se fosse eu nunca faria isso", mas não conseguimos nem imaginar um terço da dor que as pessoas sentem.

Dou os parabéns à Jojo Moyes por lidar com este tema de uma maneira tão  interessante. Ela soube dar-nos a dose perfeita de romance, drama e tristeza. Tivemos tudo neste livro. E honestamente, tornou-se sem dúvida um dos meus preferidos. Sei que tem segundo livro, mas sinceramente acho que não irei ler. Não agora. Prefiro deixar a história do Will e a da Lou assim. Ela é perfeita da maneira que está.

Obrigada a todos que me incentivaram a ler este livro, nem imaginam o quanto este livro me marcou. O melhor dos melhores. Estará sempre guardado no meu coração.

You May Also Like

0 Comentários